O poder do cérebro positivo

O poder do cérebro positivo

37
0
COMPARTILHE
3D grunge DNA medical background with male figure with brain and virus cells

Fazer tudo, exceto o que você quer

Quando você está se sentindo inseguro em um relacionamento, com dificuldades nos estudos, ou não está vivendo em seu potencial no trabalho, o que você faz? Que “filme” negativo você repete em sua mente? Ou, que histórias você conta sobre si mesmo em sua mente?

Podemos ser os nossos piores críticos, e isso tende a ser especialmente verdadeiro nas áreas de nossas vidas que nos definem.

Todos nós lutamos contra um narrador negativo em nossas mentes, que constantemente nos lembra:

  • “Você não é capaz de conseguir isso.”
  • “Você não vai se sair bem.”
  • “Por que tentar?”
  • “Ninguém quer saber de você.”
  • “Você é inútil.”

Nossos narradores negativos ficam presos em um loop repetitivo em nossas mentes. Muitas vezes, você pode reproduzir as experiências mais negativas e condenatórias de sua vida – essa tática só contribui para que você se sinta pior.

Quando você constantemente se lembra de suas derrotas, se prepara para continuar com os mesmos erros. Afinal, você visualizou muitas vezes que está preparado para falhar quando a próxima oportunidade semelhante se apresentar. Mas não tem de ser assim.

O Poder do Cérebro Positivo

Considere seus relacionamentos e experiências:

  • Quais coisas boas você fez ultimamente em seu relacionamento?
  • Qual seu ponto forte na escola/curso/faculdade?
  • Qual foi a sua mais recente realização no trabalho?

Para ajudar os meus clientes casados em crise a começarem a pensar sobre si mesmos de uma forma positiva, eu faço duas perguntas específicas, uma para cada indivíduo e para o casal:

Fazer-se as perguntas certas

Nosso cérebro tende a se concentrar no negativo, mas nossas vidas seriam muito melhores se pudéssemos nos concentrar no que nos torna melhores seres humanos, em vez das coisas que nos fazem perceber-nos como inferiores.

Quando nos concentramos em nossos problemas ao invés de buscarmos soluções, fazemos perguntas que não são úteis para alcançar uma solução. Concentrar-nos no problema nos leva a questionar: “O que é isso?” Ou “Por que estou fazendo isso comigo mesmo?” Essas são perguntas importantes a serem respondidas, mas não estão orientadas para uma solução. Em vez disso, devemos nos perguntar: “Como eu consegui superar esse problema no passado?”

Precisamos aprender a repetir os momentos de nossas vidas em que nos superamos e alcançamos. Precisamos descobrir como realizamos tais coisas, para que possamos visualizar como fazê-lo novamente. Dessa forma, quando uma oportunidade semelhante se apresentar, estaremos prontos para replicar o mesmo resultado.

Com essas imagens em sua mente, você certamente ainda vivenciará lutas e problemas, mas essas coisas não vão te definir, e você não vai permitir que elas sejam a parte mais importante de sua história.

FONTE »»

DEIXE UMA RESPOSTA