Trechos do livro As Brumas de Avalon

Trechos do livro As Brumas de Avalon

454
0
COMPARTILHE

As Brumas de Avalon (em inglês: The Mists of Avalon) é uma obra de 1979 da escritora estadunidense Marion Zimmer Bradley feita em quatro volumes. É ambientada durante a vida do lendário Rei Arthur e seus cavaleiros e tem por escopo narrar a já conhecida lenda arturiana a partir de uma outra perspectiva. Quem protagoniza a história, nesta versão, são as personagens femininas, tais como Guinevere, Morgana e Morgause, o que acabou resultando na reelaboração de todo o universo mítico da trama.

DSC-0000676_thumb[5]

Trechos do livro As Brumas de Avalon

…Havia outra coisa sobre o travesseiro, que escorregou e modificou-se, um botão de rosa ainda não aberto, depois uma rosa cheia. E quando Morgana o pegou, era o fruto da roseira brava, pulsando de vida acre. Enquanto o contemplava, ele encolheu-se, murchou e ficou seco, na palma de sua mão. E ela compreendeu, de súbito.

A flor e até mesmo o fruto são apenas o começo.

Na semente está a vida e o futuro.

E o que eu sou deve ser escondido, como a rosa está escondida dentro da semente.
“Avalon estará sempre ali para todos os que puderem buscar o caminho, por todos os séculos e além dos séculos. Se não puderem encontrar o caminho de Avalon, isso talvez seja um sinal de que não está pronto pra isso. ”

“Sabia que ele estava descontente porque não lhe dera o filho tão desejado – os romanos estabeleciam a linhagem pelo ramo masculino, e não pelo feminino, o que seria mais sensato. Era tolice, pois como poderia um homem ter absoluta certeza de quem era o pai de qualquer criança? É claro que eles preocupavam-se muito com quem se deitavam as mulheres, e fechavam-nas e espionavam-nas. Não que Igraine precisasse ser vigiada: um homem já era ruim, porque haveria de querer outros, que poderiam ser piores?”

“O lugar para onde o caminho nos levará depende da nossa própria vontade e de nossos pensamentos”

“… pois como os druidas sabem, é aquilo em que a humanidade acredita que modela o mundo e toda a realidade.”

“Os cristãos procuraram acabar com toda a sabedoria que não fosse a sua, e na luta para conseguir isso, estão banindo do mundo todas as formas de mistério, exceto as que se harmonizam com a sua fé religiosa.”
Fonte: Olhar feminino

DEIXE UMA RESPOSTA