A peregrinação a Santiago de Compostela é uma das mais antigas peregrinações do mundo.

Remonta ao século IX numa altura em que peregrinar para Roma caiu em desuso e para Jerusalém era impossível por estar sob domínio muçulmano. O caminho de Santiago tornou-se a rota mais importante de peregrinação no mundo cristão.

Inúmeros caminhos partem de todos os recantos da Europa com  destino a Santiago de Compostela, local onde se diz estarem os restos mortais do Apostolo Santiago Maior.

O caminho que propomos é a parte final do Caminho Português, são 120 km, que faremos em 6 dias de caminhada com partida da simpática vila de Valença do Minho e que nos vai permitir receber a “Compostela” na chegada a Santiago!

Várias são as motivações para fazer o caminho. Cada um terá as suas próprias – pessoais, particulares. O que propomos é uma modalidade que proporcione a vivência pessoal dos seus objetivos e, ao mesmo tempo, a partilha do desafio de caminhar em conjunto.

Quais as características da modalidade que propomos?
  • Terá guias a acompanhar, apoiar, a ajudar, a orientar.
  • Quartos de duas pessoas, com cama, roupa lavada, duche/banho e pequeno-almoço.
  • Transporte de mochila, em todas as etapas, através de empresa especializada.
  • Caminharemos mais leves, só com o que cada um considerar essencial para cada jornada.
  • Cada etapa terá cerca de 20Km, tornando possível desfrutar do caminho, da natureza, das paisagens; do convívio entre o grupo e os outros peregrinos.
  • Restabelecer do esforço do dia com maior tranquilidade e comodidade
  • Dia livre em Santiago de Compostela celebrando a superação do desafio.

Programa:

Dia 1 – 22 de Setembro
Encontro em Valença às 17:00 no hotel.
Dia 2 – 23 de Setembro
Partida às 8:00 para O Porriño
Dia 3 – 24 de Setembro
Partida às 8:00 para Arcade
Dia 4 –  25 de Setembro
Partida às 8:00 para Pontevedra
Dia 5 – 26 de Setembro
Partida às 8:00 para Caldas de Reis
Dia 6 – 27 de Setembro
Partida às 8:00 para Picaraña
Dia 7 – 28 de Setembro
Partida às 8:00 para Santiago de Compostela
Dia 8 – 29 de Setembro
Dia livre em Santiago de Compostela
Dia 9 – 30 de Setembro
Partida às 12:00 para Valença em camioneta.
Chegada a Valença cerca das 13:15 e fim do programa

O grupo terá no máximo 8 participantes,
Valor do programa: 590 euros
Inclui: Seguro; 8 noites em hotel de 2/3* com pequeno almoço incluído; serviço de transporte de mochila; caderneta de peregrino; viagem de autocarro no regresso de Santiago a Valença.

Para mais informações e inscrição contacte:

Ana Rita Bandeira de Melo 966596368
Rita Mancelos 962491217
Email: anaritabandeirademelo.pt@gmail.com
A inscrição é considerada com o pagamento de um sinal de 100€

Para qualquer esclarecimento contacte:
Ana Rita Bandeira de Melo
966596368
anaritabandeirademelo.pt@gmail.com
site: http://anaritabandeirademelo.pt/

 

As guias:

Ana Rita Bandeira de Melo
O Caminho de Santiago ajuda-me a conhecer a minha escala de valores. A reconhecer o que me faz bem, e a reclamá-lo, mas também o que me é tóxico e a largá-lo. A desvalorizar as projeções mentais e a acreditar no coração.
Por vezes leva-me ao limite, a um ponto em que me rendo completamente a ele e me permito ser guiada pelas setas amarelas, sem questionar, confiando de que chegarei ao meu destino. Ganhando mestria sobre os pensamentos e emoções, conhecendo-me melhor nas dificuldades e na alegria.
No caminho medito, tenho silêncio, converso, convivo com outros peregrinos incógnitos. Somos todos iguais, todos diferentes e todos nos ajudamos respeitando o espaço e vontade de cada um.
Não tenho palavras para descrever a emoção de chegar a Santiago, ir diretamente para a Catedral e sentar-me num degrau de pedra. As lágrimas caiem pela face abaixo e nem tento esconde-las. São lágrimas que saem de dentro, são lágrimas de contentamento, de superação, de reencontro com quem realmente sou.
O Caminho devolve-me ao meu caminho!
Visite o meu site http://anaritabandeirademelo.pt/ e conheça-me, descubra o trabalho que desenvolvo, faça uma das meditações disponíveis.

Rita Cohen Mancelos
O caminho de Santiago, para além de ser um desafio físico, é espiritual. É uma experiência única, de contacto com a natureza, onde a sua calma nos liga e nos conecta com a nossa alma. Leva-nos não só a sentir e a desenvolver a nossa espiritualidade, mas também o sexto sentido, sentir o que não se vê!
É o caminho do amor, da partilha, da Fé, e da purificação.
É uma viagem de autoconhecimento, onde somos capazes de captar
uma nova energia, um novo começo.
No final, o caminho ensina-nos que o mesmo não acaba em Santiago – é apenas onde começa.